Primo Rico da Nova Geração: Dentista viraliza na internet como o maior especialista em biticoins do momento

Dentista de formação, encontrou no mercado financeiro a sua verdadeira vocação. Augusto é investidor em tempo integral, e não estamos falando de qualquer tipo de investimento, mas do mercado das criptomoedas, ainda não tão difundido no Brasil. O que por sinal é uma realidade que o próprio Augusto quer ajudar a mudar.

Backes, que hoje está com 34 anos, conheceu o universo das criptomoedas através de um amigo, e começou investindo de forma bem tímida, com apenas R$ 300, em ‘satoshis’, como são chamadas as frações das bitcoins. Em apenas 3 meses, ele viu seu pequeno investimento dobrar, e isso ajudou-o a perceber o potencial de crescimento das criptomoedas, e o motivou a se visualizar no futuro ainda negociando nesse mercado.

Conhecedor da prática de produção de conteúdo online, Augusto passou a falar sobre as criptomoedas na internet, com o objetivo de levar o seu conhecimento sobre o mercado a outras pessoas e desmistificar o que falam sobre ele, principalmente a respeito da fama de ser um tipo de investimento de risco e bastante inseguro. “No meio cripto, a gente sempre fala ‘not your keys, not your coins’, que quer dizer ‘não são as suas chaves, não são as suas moedas’. As chaves são privadas, cada usuário tem a sua, que adquiriu ao fazer a primeira compra”, alerta Backes, e também deixa claro que qualquer empresa que promete investir em criptomoedas por você, provavelmente é golpe.

Augusto sabe que perder esse medo é um processo, e admite que ele mesmo entrou no mercado com certo receio: “No início envolveu muito medo de perder dinheiro por tentar transferir criptomoedas. Eu tinha receio em não entender como funcionam as transações e quanto tempo levaria para transferir”, conta. Hoje, ele investe a partir de R$ 1 mil por semana, às vezes mais, depende muito de como ele “sente” o mercado. “Eu invisto em Bitcoin, Ethereum, Cardano e BNB primariamente e diversifico em vários tokens, ou criptos menores que fazem parte dos ecossistemas de cada um destes grandes projetos. Eu invisto nas que possuem melhor assimetria ‘risco vs. retorno’, que possuem propostas de melhoria contínua e buscam soluções de pagamento e financeiras diversas”, diz ele. Confuso? É verdade, pode ser mesmo. Para entender os termos e aprender a investir, Backes desenvolveu o curso “Mestres do Bitcoin”, sucesso de vendas da plataforma Hotmart.

Do nível iniciante ao avançado, “Mestres do Bitcoin” ensina a parte técnica e fundamentalista das criptomoedas, o setup usado por ele, a metodologia baseada em leitura de contexto e a como operar usando a média de 8. “Quero que o Brasil aprenda a usar a média de 8”, diz Augusto, entusiasmado. Atualmente, o curso conta com mais de 7 mil alunos e uma média de 5 novos todos os dias. Além disso, Backes faz lives diárias em seu perfil no Instagram, analisando gráficos e passando dicas a quem quer investir nas criptomoedas. A média de audiência é de 10 mil pessoas simultaneamente, em sua maioria brasileiros, mas há também um considerável número de portugueses aspirantes a investidores

“Meu objetivo é ajudar o maior número de brasileiros e portugueses a entender os fundamentos do Bitcoin e aprender a usar a volatilidade para benefício mútuo. O país pode ficar mais rico se a população aprender a interpretar os mercados voláteis e se beneficiar com isso. Já mudei a vida de centenas, talvez milhares, com o meu conteúdo diário mais a venda da minha metodologia. Consegui fazer alguns seguidores milionários”, revela Augusto, orgulhoso. Se o que te impediu de investir nas criptomoedas até hoje foram a falta de conhecimento e a insegurança com o mercado, Backes tem a solução para esses dois problemas. Preparado para comprar as suas próprias Bitcoins?