Grupo AtomX Capital lança ATX Mining Token e novo investimento em Games

Em expansão no Brasil e pelo mundo, o Grupo AtomX Capital apresentou seu ATX Mining Token. O token digital foi lançado no início desta semana, após um pronunciamento do CEO André Felipe, durante mega evento tecnológico que reuniu algumas personalidades e grandes investidores em Niterói, no Rio de Janeiro.

De acordo com André Felipe, o lançamento será composto de cinco fases de vendas, começando pela fase de cadastramento e depois a venda privada, que deve começar no dia 05 de dezembro e será voltada apenas para investidores do grupo. Outras três etapas destinadas a compradores externos também entrarão em ação ainda no primeiro trimestre de 2022.

“A ATX não é só uma ideia, pois depois de passada para a frente, ela não morre”, pontuam os desenvolvedores do projeto Dã Garcia e Michel Oliveira, acrescentando que o projeto funcionará de forma bem semelhante ao pix. “Com um aplicativo no celular, será possível transferir o dinheiro da sua conta para a de outra pessoa, escaneando o QR Code, ou dando a chave pública para outra pessoa. Essa chave pública representa a sua carteira, sua conta na plataforma”, completam.

O evento, realizado pela produtora Julia Lima, também marcou o lançamento da Atom e-Games. Um ponto inicial para a empresa, que mantém hoje o seu foco num game chamado Axie Infinity, mas já possuem diversos outros jogos em estudos. “Nós temos um berçário de ideias, com um time de projetos estratégicos o tempo todo trazendo inovação. Estamos há uns 45 dias inseridos no mercado dos games, forte e com um potencial de crescimento absurdo, que está sendo lançado oficialmente hoje”, explicou o CEO.

Com os lançamentos, crescem ainda mais as expectativas do Grupo AtomX Capital, que pretende chegar a um bilhão de reais em breve. Somando hoje mais de 430 milhões, quantia que deve quase dobrar até o fim de dezembro, quando, de acordo com André Felipe, o grupo fechará 2021 com 600 milhões. Para o próximo ano, planejam ainda expandir seus escritórios no exterior. Já aqui no Brasil, serão inauguradas pelo menos 25 novas franquias.

“Nós pregamos uma revolução que chegue a cada lar, a cada pessoa, pobre, classe média ou rico. Dá para fazer, só precisa estudar e seguir as pessoas certas para trilhar um caminho correto. Dá certo!”, concluiu André Felipe, que durante o projeto também contou com o apoio do CEO adjunto Wandelei Luz e dos diretores da Atom X Capital, André Luiz Silva , André Vitor Oliveira, Thiago Paravato, Anderson Almeida, Robson Marques e sua esposa e CFO Suellen Oliveira.