Das bonecas ao auge!

Conheça o visagista, cabeleireiro e colorista Léo Mathias que transforma vidas!

Por: Sérgio Fiorini

Imagina uma criança que não parava de mexer nos cabelos? Este foi o caso do Léo Mathias. “Fosse os das minhas primas ou das bonecas das minhas irmãs. Eu fazia penteado, corte no cabelo das bonecas, e sempre amarrando e fazendo trança no cabelo das minhas primas…eu cresci e não deu outra. Com 14 anos de idade, iniciei como assistente de cabeleireiro, em um salão. Tendo hoje, um pouco mais de 20 anos na profissão.

Léo Mathias nesta caminhada explorou sobre especialidades em ser visagista que é encontrar uma harmonia na estética e colorista. Assim prepara e desenvolve cores personalizadas, que harmonizam com cada pessoa, de maneira singular. Leo participa também, do processo de produção das noivas para o casamento e ele vai contar todos os seus segredos agora para a revista:

Como é fazer parte do processo de casamento de suas clientes?
“É muito importante para mim! Eu entrei neste mercado de casamentos, depois de participar de um concurso. Quem me inscreveu na verdade, foi um assistente meu da época…eu sabia fazer do penteado a maquiagem, por que sou de uma época em que o cabeleireiro tinha que saber fazer tudo! O tema do concurso era noiva e eu nem ganhei o terceiro lugar…como sou competitivo, me senti desafiado e que precisava entrar neste mercado com força! Aí fui estudar nos melhores cursos do Brasil e no exterior, depois eu mesmo me inscrevi no concurso de noivas, na Feira Hair Beauty. Fui o primeiro lugar. Assim me animei e acabei entrando nesse mercado de casamento depois de muito estudo e dedicação. Participar deste processo com a noiva é o ápice, eu entro em um estado de flow ! É um dia muito importante, muito marcante, pra mim é como ser uma peça-chave, nesse dia tão especial.”

Sendo um visagista quais são as melhores técnicas?

O visagista procura valorizar melhor com uma cor, um design de sobrancelha, um corte. Fiz um curso de Visagismo em Paris com Claude Julliard, que ainda não tinha no Brasil, aprendi com ele a olhar por um todo. Quando atendemos uma cliente, nós visagista, analisamos dos pés a cabeça , tudo, para decidirmos quais formas vamos dar, no corte de cabelo, na cor do cabelo, para dar um significado num todo. Look total!

As ferramentas principais com certeza são: um bom corte de cabelo, a escolha certa da cor e um bom design de sobrancelha, mudamos consideravelmente uma pessoa instantaneamente.

Qual é o seu maior diferencial?

“Eu penso que seja um trabalho, que não faço só por fora, mas por dentro também. Eu me especializei na área de coaching, exatamente, para aprender a “diagnosticar” cada cliente que se senta na cadeira, usando de perguntas poderosas, para chegar em um resultado mais assertivo. Sem contar que esta arte faz todo um impacto na autoestima da pessoa, então é muito importante entender não só o formato do rosto ou tipo de cabelo, mas também do psicológico da cliente, no momento do atendimento.”