“Você é sua marca” – Conhecida por seus loiros hairstylist cria projeto que ajuda cabeleireiros a criarem sua própria identidade

Por: Duda Miguez

Gue Oliveira é muito conhecida no ramo da beleza, há três anos ela fundou o salão Gue Art Concept, na Barra da Tijuca. Mas seu começo na profissão não foi fácil. Pelo contrário, a jovem saiu de Florianópolis para realizar um curso profissional de cabeleireiro, mas sem recursos não conseguiu completar sua formação. Morando em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro, passou a atender em casa. Sem experiência, mas autodidata, ela atendia e lavava o cabelo de suas clientes na área de serviço. Não demorou muito para que o seu talento a levasse a outros caminhos, montando seu próprio salão. O começo difícil fez com que a cabeleireira despertasse o sentimento de ajudar ao próximo. Com a pandemia e as portas de seu estabelecimento fechadas, ela resolveu ajudar os profissionais, que como ela, não tinham ajuda no início da carreira.

Lançou o projeto “ Você é sua marca”. A iniciativa ajuda jovens profissionais, que não possuem condições financeiras, a desenvolver e estabelecer metas para iniciar seu próprio negócio. Além das doações de produtos Gue auxilia a eles na construção de suas marcas, nos objetivos e faz um acompanhamento desse desenvolvimento. A iniciativa veio depois dela se desvincular das outras marcas e se lançar como uma, Gue então passou a procurar histórias semelhantes a sua ou até piores para ajudar a essas pessoas.

” Poder me projetar como marca e incentivar as pessoas em sua carreira aquelas que principalmente não tem condições como eu não tinha no começo foi meu maior estímulo. Para você ser reconhecido como profissional a busca por ser um embaixador de uma marca acontece muito, então eu queria isso, ser uma marca e poder inspirar aqueles precisam”, explica a cabeleireira sobre o projeto. Gue,  com a pandemia também foi pioneira ao realizar lives em seu instagram, ensinando suas técnicas de forma aberta e gratuita, em média de 10 a 15 mil pessoas a acompanhavam além de abaixar o preço do seu curso online para um valor mais acessível.

“Esse projeto significa para mim a  representatividade feminina no mercado da beleza e a oportunidade de passar todo seu conhecimento para o próximo e auxiliar aqueles que não tem condição inspirando-os. Consigo me aproximar da sensação de dever realizado!” complementou a Gue sobre o projeto.

A cabeleireira sempre viu em seu trabalho o reflexo de algo muito maior que somente um corte de cabelo e sempre passou isso para o próximo seja ele cliente, admirador ou profissional.  “Eu sempre soube que estava destinada a algo que mudasse a vida das pessoas, só não imaginava o que fosse. Até que me encontrei no mundo dos cabelos e percebi que não se trata apenas de entregar o resultado. Toda troca, toda pessoa que senta na minha cadeira transforma um pouco do que sou também. Hoje não sou mais a pessoa que era antes, cada dia que passa me permito evoluir e aprender com cada pessoa que vem até mim buscando transformação. No fim de um dia exaustivo de atendimento, me encontro mais uma vez vendo uma nova versão de mim mesma. Por isso digo, pessoas se conectam com pessoas! Enxergue sua cliente! Permita a troca entre vocês! Você pode não estar fazendo um cabelo, pode estar realizando um sonho. E mais; ali, naquele momento, pode estar surgindo uma grande amizade ou através daquela cliente, uma mensagem em um dia não tão bom, de que no fim, tudo vai ficar bem. Tenho certeza de que assim como eu, muitos profissionais irão se identificar com experiências únicas com clientes em sua cadeira. Valorize a pessoa que te escolhe. Ela merece o melhor que você tem a oferecer! Para nós, mulheres, apenas o que for bom! Não aceitamos menos do que o extraordinário em nossas vidas! Estou aqui para cada uma de vocês!”. Contou Gue Oliveira.