Thaís Araújo mostra que emagrecer não precisa ser um sofrimento

Nutricionista e psicóloga, CEO da Oficina Humana, especialista em Saúde Intestinal e Emagrecimento

Por: Redação

Thaís Araújo, nutricionista e psicóloga, é CEO da Oficina Humana, especialista em Saúde Intestinal e Emagrecimento. Aos 38 anos, Thais iniciou sua carreira como empreendedora aos 11 anos de idade, quando foi morar com a família em uma fazenda, no interior da Bahia e teve a ideia de colher e vender cítricos orgânicos plantados nas terras da família, para o comércio do vilarejo local. Nascia aí a menina empreendedora, com os pés dentro da nutrição.

Sua carreira profissional começou com a criação da Oficina Humana, que foi se moldando ao momento profissional de Thaís. A Oficina foi uma clínica de estética, depois um Spa Urbano de alimentação natural e atualmente é um espaço de troca de informações técnicas entre profissionais de nutrição.

Thaís uniu a bagagem da nutrição e psicologia entendendo que assim atingiria resultados mais assertivos e satisfatórios, passando a enxergar o paciente de forma mais ampla. A partir dessa ideia ela desenvolveu um método que denominou de CAP, Curadoria Alimentar e Psicológica, que tem como base a maximização de resultados de saúde. O método modifica tanto as bases de alimentação do paciente quanto os aspectos psicológicos de seu comportamento. O objetivo maior do CAP é levar saúde e qualidade de vida às pessoas.

 Há 15 anos atendendo em consultório com Nutrição Comportamental e Funcional, Thaís vem conscientizando e orientando seus pacientes sobre a necessidade do cuidado especial com o intestino, com o sono e o emagrecimento.

Sua agenda anda disputadíssima e para não deixar formar grandes filas de espera nem gerar frustrações nas expectativas ela migrou sua forma de atendimento para o modo online, ministrando cursos para grupos com o mesmo interesse de assuntos. Dessa forma ela consegue dar atendimento ao maior número de pessoas sem que a distância seja uma limitação. Os conteúdos dos cursos são bastantes simplificados e práticos, ideais para a correria do dia a dia.

Os grupos são formados de acordo com os objetivos das pessoas e são divididos em: Jejum Intermitente, Imersão em Detox e Higiene do Sono, Mentoria de Emagrecimento e Modulação Intestinal. Thaís é guia de centenas de pessoas nos processos de mudança, levando melhoria de saúde para os seus “Humanos”, forma carinhosa que ela chama seus pacientes. Os cursos promovem grandes metamorfoses nas vidas das pessoas, ajudando-as a alcançar os seus objetivos.

Seus cursos são um diferencial na vida das pessoas, porque de forma leve, Thaís transmite às pessoas a grande importância no prazer da alimentação, desmitifica a palavra “dieta” e apresenta soluções fáceis, rápidas e palpáveis para seus pacientes, muitas vezes já desencantadas com as fórmulas mágicas oferecidas pela internet. Thaís é expert em entregar receita e fórmula prontas. Ela literalmente entrega o prato de bandeja!

Foto: Debby Fotografia

Confira o nosso bate papo com Thaís Araújo:

1. Quando você era criança, você já gostava de se alimentar bem, se preocupava em comer coisas saudáveis ou isso veio depois com a idade?

Sempre gostei de comer e comia de tudo. Na minha casa se alimentar bem era algo valorizado, porém esse conceito de coisas saudáveis nem existia. Já fui viciada em doces.

2. Quais serviços você oferecia na sua primeira clínica, a Oficina Humana?

Fiz a maior escola do mundo de drenagem linfática, desenvolvi um método de tratamento para redução de gordura localizada, celulite e retenção de líquidos. Quem foi minha cliente na época pode dizer como os tratamentos funcionavam.

3. Porque você resolveu transformar a clínica em um Spa Urbano de Alimentação Natural?

Porque eu comecei a ter uma clientela que tinha uma estrutura de clínica em casa, comecei a organizar SPAs privados e percebi que comida gourmet de boa qualidade e que cooperasse com os resultados esperados pelos clientes não existia, sobretudo em formato delivery.

4. Você se formou primeiro em qual graduação?

Psicologia.

 5. E o que te motivou a se tornar psicóloga e também nutricionista?

E claro, a unificar as duas profissões em uma coisa só. Psicóloga eu queria ser desde que entendi o que era ter uma profissão. Sempre gostei de gente, dos Humanos e à nutrição veio em função da Oficina Humana, mesmo sem num primeiro momento não ter me atentado da complementariedade das duas profissões que é um casamento perfeito: PSICONUTRI.

6. Como funciona o seu espaço atual? Somente profissionais da área podem participar?

Desde à pandemia todos os meus serviços são remotos e ofereço experiência e transformação. Uma metamorfose em busca de viver mais com qualidade e prazer

7. O método CAP foi uma criação sua. Como ele funciona e quais os benefícios dele para as pessoas que começarem a seguir?

É uma curadoria alimentar e psicológica baseada em quatro encontros, onde traço um objetivo junto ao paciente usando minha visão de psicóloga e conhecimentos como nutricionista para levar o paciente à metamorfose que ele procura.

 8. Você testou em si mesma antes de divulgar para os seus pacientes?

Eu testo tudo! Métodos, protocolos, pratos, receitas, experiências. Importante experienciar tudo que estou falando.

Foto: Debby Fotografia

9. Os feedbacks dos seus pacientes que fazem o método CAP são positivos? O que você sente com esse retorno?

Sinto primeiro as pessoas se surpreendem por ser algo diferente do que a maioria está acostumada a vivenciar. Depois eu diria que as pessoas gostam muito, porque querem continuar comigo de alguma forma.

10. Qual é o seu conselho para as pessoas que tentam seguir uma vida saudável, mas sempre desistem e abrem mão?

Não tentem uma revolução. A mudança deve começar imperceptível, causando pouco impacto na rotina para que ela seja assimilada. Tentar acordar um belo dia sendo outra pessoa ou tendo mudanças radicais é um movimento que não se sustenta.

11. Para você, o que é mais importante para manter uma alimentação saudável no dia a dia?

Gostar do que você está comendo. E não me diga que não gosta de nada saudável não que eu tenho certeza que dá pra organizar dentro das possibilidades e gostos de cada um algo saudável e funcional. Eu estudo pra isso.

12. Atualmente, seus atendimentos são somente online? Se sim, você pretende voltar para o presencial em algum momento ou se adaptou a esta nova realidade que quer manter?

Eu já atendia online antes da pandemia apesar do consultório físico. Pretendo me manter assim, mas promover eventos e encontros presenciais quando isso tudo passar.

 13. Quais são os cursos que você ministra?

Curso de saúde intestinal, jejum intermitente, programas de emagrecimento com foco em comportamento, receitas para vida prática, detox, higiene do sono e técnicas de controle de ansiedade e mudança de hábitos. Quero abrir ainda esse ano o Clube Metamorfose, um grupo privado e com pouquíssimas vagas, onde eu quero ensinar tudo o que eu sei de perto e de mãozinha dada com os participantes

14. Você sente que suas aulas mudam a vida de muitas pessoas?

Eu tenho quase que diariamente retornos de pessoas relatando mudanças e transformações e isso é o que me move a continuar.

 15. O que você acha que seja considerado o seu maior diferencial entre as suas concorrentes?

Talvez o meu olhar sobre o Humano com a minha bagagem como psicóloga e a crença de que o conhecimento transforma. Eu ensino para os meus pacientes o porquê de tudo que eles estão fazendo.

16. Até hoje, o que você considera como a sua maior realização profissional?

Difícil para uma geminiana enumerar uma, mas o que posso dizer é que desde o dia em que me propus a fazer algo profissionalmente nunca fiquei na superfície do conhecimento e sempre entreguei o meu melhor e a consequência disso é que todos os projetos acabaram dando certo e me realizando bastante, mas eu sou uma metamorfose ambulante, como dizia Raul Seixas então vocês sempre me verão fazendo algo novo.

Foto: Debby Fotografia