Estresse pode causar queda de cabelo

Saiba como amenizar o problema e conquistar fios saudáveis

Por: Caroline Lyrio

O nível de estresse aumentou desde o início da pandemia e seus efeitos podem se manifestar de diferentes formas, inclusive com a queda dos fios. Não importa quanto o indivíduo cuide do cabelo, se não cuidar do problema emocional, os fios continuarão a cair. Segundo especialistas é muito importante entender que  não é possível controlar um problema sem cuidar do outro.

“A queda diária de fios é normal, mas se você notar um aumento nessa queda, procure rapidamente um profissional para lhe orientar da melhor forma. Devido a tensão que as pessoas estão sofrendo com essa pandemia, aumentou muito a quantidade de pessoas que se queixam da perda dos fios”, explicou a dermatologista Vanessa Bottino.

E para controlar essa queda, existem muitos medicamentos e produtos que prometem fortalecer as madeixas, mas segundo a especialista, o ideal é a mudança de hábitos no dia a dia. “Evitar usar água quente na lavagem, porque senão você vai tirar toda a oleosidade, o nosso organismo vai reconhecer que essa oleosidade foi retirada e vai produzir em excesso. É importante também que dormir bem, se alimentar bem, ingerir proteína porque a queratina que recobre o fio é uma proteína. A atividade física tem que estar na rotina da pessoa, e em tempos de pandemia, a meditação é muito indicada para controlar o estresse e a ansiedade”, concluiu Vanessa Bottino.

Além dos cuidados diários, fazer um corte de cabelo de três em três meses é o ideal para fazer o cabelo crescer mais forte. Além disso, o cabeleireiro Victor Padilha, do salão de beleza Studio Nanno, afirma que o corte certo pode dar mais volume para o cabelo de quem sofre com a queda dos fios. “Geralmente quem tem cabelo fino ou sofre com a queda de cabelo, o ideal é procurar um cabeleireiro profissional para fazer um corte mais sólidos, com os fios mais retos, porque assim é possível dar mais densidade para as pontas do cabelo”.

É preciso sempre procurar um profissional especializado no assunto e se atentar em solucionar os dois problemas. Especialmente, buscar aliviar o estresse, que é um fator determinante para a perda dos fios.